Menu

- Seção Pernambuco
- Eventos
- Artigos
- Associe-se
- Fale conosco


SEÇÃO PERNAMBUCO


Em Recife, a Psicopedagogia começa a fazer parte da atuação de profissionais da área da educação, nos meados dos anos 70. Começam a aparecer grupos de estudos sobre os problemas de aprendizagem, reuniões assistemáticas, e profissionais isolados iniciam um trabalho em ambulatório e em clínicas particulares. Os cursos que apareciam, em Recife, tinham uma conotação muito ligada ao modelo médico,onde os profissionais da educação eram excluídos.

Com a grande evasão escolar, com as constantes repetências, os fracassados escolares começaram a engrossar a fileira dos excluídos, o que marginalizava o sujeito também do mercado de trabalho local. Com isto, aumenta a preocupação daqueles profissionais comprometidos com a educação de nossos jovens, e com a importância de nossas escolas na formação do cidadão.

Assim, passa a desenvolver atendimentos, grupos de estudos, reuniões, estudo de casos sistemáticos...

Em convênio com a Universidade Católica de Pernambuco - UNICAP, o CEPAI realiza o primeiro Curso de Pós-Graduação "Lato Sensu" com Especialização em Psicopedagogia da Região. Este curso surge, em Recife, com uma Grade Curricular e uma Carga Horária, seguidoras dos moldes estabelecidos pela Associação Brasileira de Psicopedagogia - ABPp. Esses modelos nos foram trazidos pelas psicopedagogas Beatriz Scoz e Maria Célia Malta que coordenaram nossas primeiras turmas, ambas ex-presidentes da ABPp Nacional.

Depois do CEPAI, outros grupos preocupados com a problemática da não-aprendizagem começaram a surgir em Recife, todos voltados para uma nova concepção e um novo olhar sobre esta problemática que marginaliza o aprendente, impedindo-o de tornar-se um cidadão consciente e participativo.

A partir destes acontecimentos, principalmente o Curso de Pós-graduação do CEPAI (primeiro em Recife), e com a preocupação de reunir os profissionais que atuavam nesta área, foi criado em Recife o Núcleo da ABPp, em abril de 1998, numa solenidade, aonde estava presente a psicopedagoga Beatriz Scoz. Em setembro do mesmo ano, A ABPp Nacional autoriza o funcionamento do Núcleo Recife. Este Núcleo funcionou até novembro de 2005, quando foi transformado em Seção Pernambuco.

Faz parte da Diretoria do Núcleo as seguintes psicopedagogas, sócias titulares da ABPp Nacional:

1. Coordenadora-Presidente: Maria das Graças Sobral Griz

2. Coordenadora-Tesoureira: Daisy Floriza Cavalcanti Amaral

3. Coordenadora-Secretária: Ângela Augusta Maciel Macaúbas

Como está muito recente a passagem para Seção Pernambuco, estaremos realizando nova eleição para o próximo ano de 2006, estando ocupando o cargo de Presidente da Seção a psicopedagoga Maria das Graças Sobral Griz.



Conheça também o site da ABPp Nacional, clique aqui.